Novembro Azul: diga não ao preconceito

Tempo de leitura: 2,8 minutos

Novembro é o mês mundial de combate e conscientização ao câncer de próstata. 

A doença é a causa da morte de 28,6% da população masculina. 

No Brasil, segundo o Instituto Nacional do Câncer, a cada 38 minutos morre um homem vítima de câncer de próstata. 

Só em 2018, foram 68 mil casos registrados no país e até 2022, especula-se que sejam mais de 65 mil novos casos. 

Mas, apesar dos dados, falar sobre câncer de próstata ainda é um tabu para muitos homens. 

Entretanto, se você tem interesse em saber mais sobre como se prevenir dessa doença, continue lendo. 

Principais sintomas

Mas você sabia que, durante a fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas?

Portanto, quando os primeiros sinais aparecem, cerca de 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura. 

Sintomas em fase avançada: 

  • Dor óssea;
  • Dores ao urinar;
  • Vontade de urinar com frequência;
  • Presença de sangue na urina e/ou no sêmen. 

Alguns fatores de risco

É importante ressaltar que existem alguns fatores de risco que podem incentivar o desenvolvimento da doença. 

Assim como histórico familiar de câncer de próstata, obesidade e raça, homens negros são maiores vítimas da doença. 

Quebre esse tabu!

O câncer de próstata tem mais de 95% de chances de cura, se diagnosticado precocemente. 

Portanto, com um tratamento adequado, é possível se livrar da doença. 

Entretanto, a única forma de fazer um diagnóstico precoce é por meio do exame. 

Especialistas afirmam que o preconceito com o exame, faz com que muitas vítimas percam suas chances de cura. 

O receio em fazer o exame surge por diversos motivos, brincadeiras de mau gosto, histórico social e outros. 

Mas, quando se trata de saúde, precisamos aprender a dizer não ao preconceito!

Afinal, o exame é simples, dura cerca de 10 segundos e pode salvar vidas. 

Para se inspirar

Pensando na importância de falar sobre isso, a Gazin desenvolveu a campanha “Novembro Azul, quebre esse tabu, faça o exame!”

O objetivo é levar mais informação sobre a doença e conscientizar a população sobre a importância de se cuidar. 
Vamos juntos nessa luta? Confira aqui mais detalhes sobre a campanha da Gazin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *