Confira 5 invenções brasileiras presentes em nosso dia a dia!

Não é novidade nenhuma o quanto o povo brasileiro é criativo, concorda? Do nosso país surgem várias inovações e com o avanço da ciência e tecnologia, isto é cada vez mais possível. 

Só o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) tem um acervo de mais de 20 milhões de documentos de patentes a empresas.

Por isso, separei 5 invenções brasileiras presentes em nosso dia a dia, que talvez você nunca tenha ouvido falar que nasceram aqui. Confira quais são!

Identificador de chamadas: BINA.

O identificador de chamadas, como o próprio nome diz, hoje em dia já vem instalado nos aparelhos de telefone e celulares. Porém, nem sempre foi assim.

Quando existia apenas o telefone fixo, antes do celular, não dava para você saber quem estava te ligando e nem decidir se atenderia ou não.
A primeira tecnologia Bina, foi inventada em 1977 por Nélio Nicolai, quando o inventor trabalhava na Telebrasília.

Nélio patenteou a segunda tecnologia Bina em 1992. Um ano depois, a Telebrás padronizou seu uso. Nélio chegou a fechar parceria e assinar contratos de transferência com várias empresas.

Em 1997, o novo sistema Bina ganhou repercussões mundiais, também em telefonia celular. Tudo sem respeito algum à patente. O inventor não teve outra alternativa, senão recorrer ao Judiciário.

O inventor faleceu em 2017, com 77 anos, depois de lutar 35 anos pela patente do seu invento. Ele, no entanto, nunca recebeu o direito de explorar economicamente a tecnologia.

 

Se você precisar de telefone com identificador de chamada para sua casa, escritório ou loja, já sabe, conte com a Gazin!

Clique aqui para ver todos os modelos de telefone fixo da Gazin!

Rádio

Apesar de não ser considerado mundialmente o inventor do rádio, Roberto Landell de Moura, é conhecido pela primeira experiência de radiodifusão em 1984, no Brasil.
Porém, foi descredenciado na época e não teve sua experiência registrada.
Dia 3 de junho de 1900 ele realizou novamente a experiência, transmitindo a voz humana por oito quilômetros, entre a Avenida Paulista e o Alto de Santana. Mas a repercussão não foi bem vista pela igreja. 

Apenas em 1901, padre Landell teve seu invento patenteado no Brasil, tarde demais, o italiano Guglielmi Marconi já havia registrado o seu invento em 1896. 

Além da patente brasileira de seu invento, em 1904 Landell de Moura chegou a ser reconhecido pelo Escritório de Patentes dos EUA por três inventos diferentes: um transmissor de ondas, um telefone sem fio e um telégrafo sem fio.

Clique aqui para saber mais sobre o padre Roberto Landell de Moura! 

Mais de um século depois o rádio pode ser encontrado em diversos tamanhos, com diversas funções e potências. 

Confira nossos modelos de rádio e aproveite as ofertas da Semana do Brasil 2020 para comprar o seu!

Escorredor de arroz

Segundo a descrição do  site Invenções Brasileiras, o queridinho escorredor de arroz, foi criado e patenteado pela brasileira Therezinha Beatriz Alves de Andrade Zorowich, cirurgiã-dentista, em 1959. 

Beatriz, cansada de chegar do trabalho e o ralo da pia estar entupido, resolveu criar este utensílio para a empregada não entupir a pia. Ela percebeu que se juntasse uma espécie de bacia a uma peneira em uma de sua extremid

ades, facilitava a lavagem de alimentos. 

Dessa forma, surgiu o escorredor de arroz, que foi licenciado para uma empresa brasileira de brinquedos e utilidades domésticas, a Trol/SA. Rendendo um bom retorno financeiro para brasileira.
A dentista não parou por aí! Ela e sua família chegaram a registrar outros inventos posteriormente. 

Um invento muito utilizado no mundo todo, que facilita o dia a dia de muitas pessoas. 

LINK PARA IMAGEM: http://netleland.net/hsampa/ppardal/

Será que ela imaginava que em 2020 teríamos inventado até panela elétrica de arroz

Falando nisso, caso esteja precisando de uma, aproveite as ofertas da Gazin para comprar a sua! 

 “Cinema 3D”

Apesar de parecer uma invenção recente, o cinema 3D já era experimentado muitas décadas atrás. E aqui no Brasil, ele surgiu através de Sebastião Comparato. Nascido na Itália mas, brasileiro de coração, residente no país desde os 6 meses de idade,

Sebastião estudou na Faculdade de Medicina de São Paulo, criou dois modelos de projetores 3D e os apresentou no Rio de Janeiro.

O projeto do brasileiro consistia em um pequeno equipamento que podia ser adaptado a projetores comuns e a uma tela especial. A imagem projetada era refletida por um espelho e o processo criava a sensação de que a imagem estava passando em um espaço vazio, como uma espécie de palco de teatro.

Sebastião chegou a ser convidado para aprimorar seu experimento fora do Brasil, mas recusou, pois queria que essa fosse uma criação brasileira. Mas, com o passar do tempo, suas criações acabaram caindo no esquecimento. E foi só no início dos anos 50 que a terceira dimensão chegou no Brasil, como invenção norte-americana.
Na mesma época dois filmes feitos em 3-D, nome dado ao sistema, foram lançados simultaneamente nos antigos cinemas República e Ópera de São Paulo. Ambos os filmes exigiam óculos para criar a impressão de profundidade.

Hoje em dia, além do cinema, podemos assistir conteúdo 3D também na TV. Em 2010 foi lançado mundialmente os televisores 3D.

Escova progressiva

Em 1998 foi criada a escova progressiva de formol por cabeleireiros do subúrbio do Rio de Janeiro. Chamada pelo mundo de Brazilian Hair Straightening, Brazilian Blowout, Keratin Treatment e outras denominações, a escova progressiva ganhou os salões pelo mundo e a preferência de algumas celebridades.

Entretanto, como o ativo causava diversos danos à saúde a Anvisa inicia a guerra contra a substância e proíbe seu uso para alisamentos, permitindo apenas 0,2% na fórmula dos produtos – quantidade suficiente para conservá-los.

Se você gosta de um cabelo liso, escovado, pode optar pelas escovas secadoras ou chapinhas alisadoras, que alisam através do calor e sem a necessidade de utilizar qualquer tipo de química nos fios! Conte com a Gazin no cuidado da sua beleza! Confira aqui os produtos que temos disponíveis para você! 

Você imaginava que essas criações poderiam ser de brasileiros? Conhece algum outro invento brasileiro? Escreva nos comentários! Vou adorar saber!
E se você tiver gostado da matéria, compartilhe com seus amigos e familiares que vão gostar de ler também. Até o próximo conteúdo! 😉

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *